Documento sem título
   
Documento sem título
 
 09/03/2011 - História da medicina vira samba-enredo na Sapucaí
 
 

          A história da Medicina foi este ano o enredo da Imperatriz Leopoldinense, escola de samba do grupo especial do carnaval carioca, sob o título "A Imperatriz adverte: sambar faz bem à saúde". A agremiação de Ramos levou para a Sapucaí alegorias e fantasias luxuosas, abordando as curas africanas e hindu, a alquimia, a medicina taoísta, a mitologia, os rituais de magia e curandeirismo, remédios e genéricos, entre outros. Houve ainda homenagens aos pioneiros brasileiros Oswaldo Cruz, Carlos Chagas e Vital Brazil.
          Passeando por lugares como Índia, Mesopotâmia, Egito, China e Grécia, a Imperatriz Leopoldinense trouxe representados na comissão de frente os famosos "Doutores da Alegria", interpretados por bailarinos e acrobatas. O carro mais irreverente da escola carregava componentes caracterizados de mosquitos da dengue e hamsters. Doenças modernas também foram retratadas, como gripe suína e vaca louca.
          Um carro alegórico chamado "Cúpula das Luzes" levava um boneco de mais de cinco metros levantando do leito de morte num ritual de cura e ressurreição. Um corpo humano gigante foi dissecado em plena Avenida, com direito a uma simulação de desmaios dos componentes representando estudantes de anatomia. A escola ficou em sexto lugar.

 
Documento sem título
     
 
  Todos os direitos reservados ACAMERJ   Telefones: (21)2711-0721 e Telefax (21)2612-0970 Desenvolvido por Clandevelop